A emoção e o melhor do desporto estão a chegar às Ilhas Maravilhosas

Os jogos da CPLP: De 21 a 28 de Julho de 2018 em São Tomé e Príncipe: 

Durante sete dias, mais de 600 jovens estarão nas Ilhas de Chocolate para testar os seus limites e, acima de tudo, para disputar medalhas na XI Edição dos Jogos da CPLP, que terá pela primeira vez São Tomé e Príncipe como anfitrião da prova, sendo também a primeira edição expandida aos nove países da lusofonia.

De 21 a 28 de julho de 2018, São Tomé e Príncipe será a capital do desporto jovem lusófono. O Atletismo, Atletismo Adaptado, Basquetebol 3X3, Futebol, Taekwondo e o Voleibol de Praia são as disciplinas em competição. Para o Presidente da República de São Tomé e Príncipe, Evaristo Carvalho, a organização dos Jogos da CPLP é “o culminar de sonhos adiados”, não deixando de demonstrar a profunda convicção de que este evento trará “ventos de mudança”.

O Ministro da Juventude e do Desporto reforçou esta ideia, recordando que “o desporto foi, desde sempre, palco para diálogos interclassistas e um mecanismo de combate à descriminação de género, credo, etnia ou instrução”. “Acreditamos que acolher este evento irá impulsionar a obtenção de uma sociedade mais justa e mais igualitária, onde ninguém fique fora-de-jogo”, sublinhou Marcelino Sanches.

Jogos Verdes

Nesta edição, realizar-se-ão os primeiros Jogos da CPLP amigos do ambiente, que conduziram à adoção de o subtítulo Jogos Verdes. O ministro das Finanças, Comércio e Economia Azul, Américo Ramos, explica que quando o Executivo decidiu organizar esta competição determinou, desde a primeira hora, que “os desígnios que alicerçavam este projeto não deveriam esgotar-se nem no desporto, nem na promoção do país”, colocando, assim, a tónica na sustentabilidade.

“Aqui, a natureza é mãe. Mas, os São-Tomenses também têm sido bons filhos. Desde 2013, que foram recolhidas mais de 180 mil garrafas de plástico na Reserva da Biosfera da Ilha do Príncipe. Por isso, consideramos que esta é a oportunidade e o momento certo para continuar este trabalho e alargar estas preocupações para com o futuro do planeta a todo o território nacional e à restante comunidade lusófona, uma vez que no jogo pela preservação da biodiversidade todos devemos ser da mesma equipa e vestir a mesma camisola”, assevera Américo Ramos. Refira-se ainda que os Jogos da CPLP nasceram em setembro de 1992 em Portugal. E, a última edição foi realizada em julho de 2016 na Ilha do Sal, em Cabo-Verde.